Foto: Reprodução

Uma equipe dá Novidades Pão Jovem Fui assediado pelos defensores do presidente Jair Bolsonaro em manifestações no feriado da proclamação da república em Brasília. Desde o anúncio de eleição de Luiz Inácio Lula da Silva (PT)partidários do atual presidente, vê-los se manifestando contra o resultado.

Os profissionais estavam em cobertura próximo a um quartel do Exército na capital federal, sendo impedidos de exercer ou oficiar durante participação ao vivo pela emissora. Durante o clássico “Jornal da Manhã”, os manifestantes gritavam pela intervenção militar usando frases antidemocráticas.

Na tarja, onde repassamos a informação no telejornais, estava escrito: “Brasília recebe manifestações contra o resultado do processo. Manifestantes também criticam a censura e a suposta 'autoridade judicial''”.

Um deles chamou o repórter de mentiroso, e outro citou ser vergonhoso ou um jornalista ser da Jovem Pan. O canal que antes era bastante idolatrado por Bolsonaro, agora é motivo de ataques deles, após derrota para Bolsonaro nas urnas.

A polícia precisou intervir e ajudar a equipe de impressão a sair do local, evitando possíveis danos.


Fonte