Portugal facilita vistos para ‘nômades digitais’

Date:


Thermo é usado para trabalhar remotamente em empresas estrangeiras. A lei portuguesa passa a permitir o estatuto temporário ou de residência a esta população. Vista de Lisboa, Portugal Pexels Portugal atualizado como registo para a aplicação vista, facilitando a entrada de dois chamados “nômades digitalais” – pessoas que se ligam remotamente em empresas estranhas. Uma lei publicada no final de setembro no Diário da República permite a permanência ou residência temporária. Para entrar em território português, essa população deve comprovar que recebe pelo menos quatro vezes o valor atual do salário mínimo em Portugal, totalizando € 2.820, equivalente a R$ 14.496,21. Leia também: Como jogar fora o passaporte: veja o VÍDEO Japão reabre turismo após dois anos datado devido à pandemia Está atrasado ou cancelado? Saiba quais são os direitos dos passeiros Além disso, é preciso ter documentação, comprovando as relações trabalhistas no país esses: promessa de contrato de trabalho; declaração do empregador para verificar a relação de trabalho; Nas situações de exercício de atividade profissional independente, dois documentos seguintes: contrato de sociedade; contrato de serviços; proposta escrita de contrato de prestação de serviços; documento demonstrativo de serviços prestados a uma ou mais entidades; A atualização antecipa a possibilidade de familiares do trabalhador também recebê-lo ou vê-lo. Uma das iniciativas é sobre “medidas para promover o reagrupamento familiar”, diz ele ao lei. Propositalmente, gostaria de evitar uma dupla tributação do “nômade digital” em Portugal e no país de origem, disse Jaime Esteves, advogado especializado em direito tributário do jornal CNN em Portugal. Texto inicial do complemento Ainda no início de setembro, o Conselho de Ministros de Portugal aprovou um acordo de mobilidade que vai agilizar os processos de entrada de pessoas em dois países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), que inclui Brasil. Mesmo antes da medida, os brasileiros não precisam de visto para entrar em Portugal, devido às regras de entrada nos países europeus do Espaço Schengen. Por outro lado, você pode ter sua entrada negada por falta de documentos, como os do Seguro-Viagem e Passam de Volta. Dizia também: Você saberá como obter a cidadania de Portugal Veja como imprimir o passaporte Veja como é ou o novo modelo de passaporte

Fonte

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Share post:

Subscribe

Popular

More like this
Related