Metalúrgicos da GM votam proposta e demissão do PDV na fábrica de São José dos Campos

Date:


O Sindicato dos Metalúrgicos abriu votação virtual nesta segunda feira (24). GM propõe abertura de PDV e prorrogação de layoff Reprodução/TV Vanguarda Trabalhadores da General Motors (GM) votam nesta segunda (24) e terceira (25) as propostas da empresa para a abertura de um Plano de Exclusão Voluntária (PDV) ea Prorrogação da suspensão temporária de dois contratos (layoff) na fábrica de São José dos Campos. Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos, a votação segue aberta aos dirigentes às 16h do dia 25 (terceiro) no site da entidade. O sindicato diz que está negociando com a GM medidas para preservar dois empregos da crise provocada pela pandemia. Se uma proposta do PDV da GM for aprovada, o plano estará aberto a trabalhadores de todas as áreas da fábrica. Os benefícios variam de acordo com o tempo de serviço de cada funcionário na montadora. Confira a tabela abaixo: 1 a 3 anos de fabricação: sem benefícios. 4 a 10 anos: 3,5 salários + 12 meses de convênio médico. 11 a 13 anos: 4 salários + carro Onix Joy Black + 18 meses de convênio médico. 14 a 16 anos: 4,5 salários + carro Onix Joy Black + 18 meses de convênio médico. 17 a 19 anos: 5 salários + carro Onix Joy Black + 24 meses de convênio médico. 20 a 22 anos: 5,5 salários + carro Onix Joy Black + 24 meses de convênio médico. 23 a 25 anos: 6 salários + carro Onix Joy Black + 24 meses de convênio médico. Acima de 26 anos: 7 salários + um carro Onix Joy Black + 24 meses de convênio médico Demissão Segundo o sindicato, a GM também quer estender a demissão por mais dois meses. A corrente terminaria em 12 de setembro. Caso será prorrogado, também passará por outubro e novembro, com 100% do salário líquido (R$ 1.813 pagos pelo governo e o complemento pago pela empresa). Caso a empresa comprove que o mercado não reage, seria uma nova prorrogação da demissão por mais cinco meses. Neste caso, arcaria um GM com salário integral. Segundo o sindicato, cerca de 1,1 mil trabalhadores estão em layoff e 2,5 mil estão na fábrica. Uma unidade em São José dos Campos produz os modelos S10 e Trailblazer. Medidas da montadora Em nota, a GM informou que, desde o início da pandemia, “temos tomado uma série de medidas para, nesta ordem, proteger a saúde e os seguros de seus funcionários, fornecedores e parceiros, preservar empregos e garantir a sustentabilidade do negócio”. Diante desse cenário, uma empresa destacou que “estamos utilizando mecanismos como redução de custos, postergação de investimentos, banco de horas, feiras coletivas, redução de jornada de trabalho com redução salarial e demissão”.

Fonte

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Share post:

Subscribe

Popular

More like this
Related