Mercado eleva estimativa de inflação para 2022 pela 3ª semana, diz Focus | Brasil

Date:

Na mediana das projeções de dois economistas de mercado, a inflação oficial brasileira de 2022 subiu pela terceira semana consecutiva, agora de 5,63% para 5,82%, segundo o Focus Relatório, do Banco Central (BC), divulgado com estimativas coletadas I amarrou a última sexta-feira.

Para 2023, a mediana das expectativas para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) permanece em 4,94%. Em 2024, permanece em 3,50%.

Para um táxon legal básico (Selic), as estimativas medianas permanecem em 13,75% para o final do ano, 11,25% para 2023 e 8,00% para 2024.

Na última reunião, não final de outubro, o Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu manter a taxa básica de juros de 13,75% aa, conforme indicado em setembro, e em linha com a mediana das expectativas do mercado. A próxima reunião acontecerá nos dias 6 e 7 de dezembro.

A meta de inflação perseguida pelo BC é de 3,50% em 2022, 3,25% em 2023 e 3,00% em 2024, sempre com margem de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo.

As projeções medianas do mercado para o crescimento da economia brasileira em 2022 serão um pouco maiores, agora de 2,76% para 2,77%.

Para 2023, a mediana das expectativas de expansão do Produto Interno Bruto (PIB) permanece em 0,70%. Em 2024, permanece em 1,80%.

A economia brasileira cresceu 1,2% no segundo trimestre, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no início de setembro, superando a mediana de 0,9% de dois economistas vista pelo Valor. O PIB do terceiro trimestre será divulgado em 1º de dezembro.

Pelas estimativas medianas para o dólar, não foi finalizado para o ano, ficou em R$ 5,20.

Para 2023, a estimativa mediana para uma moeda americana também é de R$ 5,20 de uma semana para outra. Em 2024, passou de R$ 5,10 para R$ 5,15.

— Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Fonte

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Share post:

Subscribe

Popular

More like this
Related