Entenda por que o pirarucu, peixe nativo da Amazônia, é um perigo para os rios de SP

Date:


Pescador de pirarucu pesando 113 kg no interior do rio paulista. O peixe é considerado um invasor na região. Pirarucu vira ameaça ambiental nos rios de São Paulo Reprodução/TV TEM A história de um pescador que avistou um pirarucu de 113 kg, em um rio fora de São Paulo, preocupa os investigadores. Segundo a Doutora em Desenvolvimento Sustentável, Carolina Doria, à presença de peixes na região, onde não há predador para esta espécie, o que pode causar desequilíbrio ambiental. “É um grande predador, é uma espécie carnívora. Pode colocar em perigo as espécies locais, pois se alimenta de peixes nativos da região”, explica. Segundo Carolina, que trabalha na Universidade Federal de Rondônia (Unir), a invasão do pirarucu nos rios do interior de São Paulo pode ter ocorrido após a fuga de peixes das pisciculturas instaladas na região. VEJA MAIS: Pescadores de fisgam de pirarucu de mais de 2 metros e 100 kg no rio Madeira em RO: ‘Tive uma sensação inacreditável’ “Provavelmente algum piscicultor criado para criar para ele e, em algum momento, o [pirarucu] Podemos ter fugido das pisciculturas, o que às vezes lisonjeia, os tanques quebram ou também seremos soltos no meio ambiente e não há impacto”, disse. De acordo com a Polícia Ambiental de São Paulo, por ser considerado invasor, pescaria O pirarucu é solto, mesmo em época de piracema, desde que todas as regras sejam respeitadas, mas em outros estados e países. As entidades ambientalistas têm que se cuidar para tentar combater esse processo de invasão”, completa.

Fonte

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Share post:

Subscribe

Popular

More like this
Related