10 plantas que não precisam de sol

10 plantas que não precisam sol

Introdução

Ter plantas em casa ou no escritório é uma ótima maneira de trazer vida e beleza aos ambientes. No entanto, nem sempre é possível fornecer a quantidade adequada de luz solar para todas as plantas. Felizmente, existem algumas espécies que se adaptam bem a ambientes com pouca luz ou até mesmo sem exposição direta ao sol. Neste artigo, apresentaremos 10 plantas que não precisam de sol e como cuidar delas adequadamente.

1. Espada-de-São-Jorge (Sansevieria trifasciata)

A espada-de-São-Jorge é uma planta popular que se adapta facilmente a ambientes com pouca luz. Ela é conhecida por sua capacidade de purificar o ar, removendo toxinas como o formaldeído e o benzeno. Além disso, é uma planta de fácil manutenção, exigindo regas moderadas e solo bem drenado.

2. Zamioculca (Zamioculcas zamiifolia)

A zamioculca é uma planta resistente que pode sobreviver em condições de pouca luz. Ela possui folhas brilhantes e é capaz de armazenar água em suas raízes, o que a torna uma ótima opção para pessoas que esquecem de regar suas plantas com frequência. A zamioculca também é conhecida por sua capacidade de remover toxinas do ar.

3. Lírio da paz (Spathiphyllum wallisii)

O lírio da paz é uma planta de interior popular que pode florescer mesmo em ambientes com pouca luz. Suas flores brancas são elegantes e purificam o ar, removendo substâncias como o amoníaco e o xileno. Para cuidar do lírio da paz, é importante manter o solo úmido e evitar exposição direta ao sol.

4. Aglaonema (Aglaonema spp.)

A aglaonema é uma planta de folhagem exuberante que pode se adaptar a ambientes com pouca luz. Ela está disponível em diferentes variedades, com folhas verdes, prateadas ou até mesmo vermelhas. A aglaonema é uma planta de fácil cultivo, exigindo regas regulares e solo bem drenado.

5. Maranta (Maranta leuconeura)

A maranta é uma planta tropical que pode se adaptar a ambientes com pouca luz. Ela possui folhas com padrões distintos e coloridos, o que a torna uma ótima opção para decorar espaços internos. A maranta também é conhecida por sua capacidade de purificar o ar, removendo substâncias como o formaldeído.

6. Dracena (Dracaena spp.)

A dracena é uma planta versátil que pode se adaptar a diferentes condições de luz. Existem várias espécies de dracena, algumas das quais podem sobreviver em ambientes com pouca luz. Ela é uma planta de fácil cultivo, exigindo regas regulares e solo bem drenado.

7. Pau-d’água (Dracaena fragrans)

O pau-d’água é uma planta de interior popular que pode se adaptar a ambientes com pouca luz. Ela possui folhas verdes e brilhantes, além de ser capaz de remover toxinas do ar. O pau-d’água é uma planta de fácil manutenção, exigindo regas moderadas e solo bem drenado.

8. Aspidistra (Aspidistra elatior)

A aspidistra é uma planta resistente que pode sobreviver em ambientes com pouca luz. Ela possui folhas grandes e escuras, o que a torna uma ótima opção para espaços internos. A aspidistra é uma planta de crescimento lento e requer regas moderadas.

9. Espatifilo (Spathiphyllum spp.)

O espatifilo é uma planta de interior popular que pode se adaptar a ambientes com pouca luz. Ela possui flores brancas e é capaz de purificar o ar, removendo substâncias como o benzeno e o formaldeído. O espatifilo requer regas regulares e solo úmido.

10. Hera (Hedera spp.)

A hera é uma planta trepadeira que pode se adaptar a ambientes com pouca luz. Ela é conhecida por sua capacidade de purificar o ar, removendo substâncias como o benzeno e o formaldeído. A hera requer regas regulares e solo úmido.

Conclusão

Ter plantas em ambientes com pouca luz não é mais um problema. Existem várias espécies que se adaptam bem a essas condições e ainda trazem beleza e benefícios para a saúde. Ao escolher plantas que não precisam de sol, é importante considerar suas necessidades de rega e cuidados específicos. Com as plantas certas e os cuidados adequados, é possível criar um ambiente verde e agradável mesmo em espaços com pouca luz.

Compartilhar: